O Espírito Santo registrou 103.397 raios, sendo que 32.445 tocaram o solo, uma média de 2,8 mil raios por hora

Desde domingo (7) até a tarde desta terça-feira (9), o Espírito Santo registrou 103.397 raios, sendo que 32.445 tocaram o solo, uma média de 2,8 mil raios por hora. Esses números são do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Elat/Inpe).

Além desses fenômenos, os barulhos  de trovões têm assustado bastante a população. O jornal online Folha Vitória conversou com o professor de Física do Ifes de Cariacica, Filipe Leoncio Braga, que explicou o motivo dos trovões. "Quando vemos o raio, a parte luminosa, tem haver com a passagem de uma descarga elétrica gigante na atmosfera e que expande o ar em um intervalo de tempo muito pequeno, criando uma onda sonora de grande intensidade por isso o estrondo", disse.